frontwave logotipo

Participação da Frontwave na Comissão Técnica 118 - Rochas Ornamentais

As Comissões Técnicas de Normalização são órgãos técnicos que visam a elaboração de normas portuguesas e a emissão de pareceres normativos em determinados domínios, nas quais participam, em regime de voluntariado, entidades interessadas nas matérias em causa, traduzindo, tanto quanto possível, uma representação equilibrada dos interesses sócio-económicos abrangidos.

A CT 118 é a Comissão Técnica Portuguesa de Normalização no domínio das Rochas Ornamentais e Industriais e acompanha, fundamentalmente, a atividade normativa desenvolvida pelo Comité Técnico Europeu CEN/TC 246 “Natural Stones”.

Desenvolve normalmente os seus trabalhos em reuniões, podendo organizar-se em Sub-Comissões (SC) e/ou Grupos de Trabalho (GT), de acordo com o seu âmbito de atividades e o programa de trabalhos que pretende realizar. Nas reuniões da CT 118 participam diversas entidades representadas pelos respetivos Vogais nomeados para o efeito.

Uma das atribuições da CT 118 é participar nas reuniões europeias do CEN/TC 246, através de delegados e peritos, designados para o efeito, transmitindo o parecer/votação sobre a documentação proveniente desse organismo e representando o interesse nacional. Outras atribuições são a elaboração de Normas Portuguesas, documentos normativos, tradução de Normas Europeias e a emissão de pareceres normativos no seu domínio de atividade.

Este trabalho é fundamental para a coerência entre os conteúdos normativos e a realidade das empresas, tendo como objetivo comum garantir a qualidade dos produtos.

A Frontwave, como empresa que trabalha em parceria com universidades e que estabelece a ponte com as empresas do setor da pedra natural, acompanha os trabalhos da CT118 desde 2007, de forma a contribuir para modificações eventualmente necessárias ou aconselháveis, nos documentos normativos do sector, com vista ao enquadramento adequado das pedras naturais nacionais.

A CT 118 foi criada em 1991 e conta, neste momento, com a participação de 21 entidades e 3 Técnicos a Título Individual:

      • LNEG
      • CTCV
      • AIGRA
      • ANIET
      • ANTÓNIO LONGARITO
      • ASSIMAGRA
      • CICCOPN
      • DIMPOMAR
      • EMPRESAS DE LOUSAS DE VALONGO
      • ETMA
      • FRONTWAVE
      • GRANITOS URBANOS
      • GRUPO FRAZÃO, SA
      • IP PORTO – ISEP
      • ITECONS
      • LNEC
      • MÁRMORES GALRÃO
      • RMC/EUROSURFACES
      • U COIMBRA – FCTUC – DCT
      • U PORTO – FCUP – CIÊNCIAS
      • U ÉVORA

Aproveitamos para partilhar o apelo do CTCV, Organismo de Normalização Setorial e atual entidade coordenadora da CT118, a todas as empresas e técnicos que trabalhem na área, para se juntarem a este grupo de trabalho.